#FIKADICA: Como escolher sua escola de idiomas!

1.       Faça aula demonstrativa

Ligue, mande e-mail ou vá até as escolas; peça para conhecer o ambiente e marcar uma aula demonstrativa.

2.       Prova de nivelamento
Se você acha que já tem algum conhecimento, faça uma prova de nivelamento! Normalmente essa prova abrange ler, escrever, ouvir e falar.

Algumas escolas cobram mas a maioria não cobra por este teste / prova.
 
3.       Metodologia
Verifique se a escola é daquelas que é sempre a mesma coisa, algumas pessoas se sentem confortáveis com isso; outras nem tanto. A escola tem músicas, jogos e atividades externas? Beleza!

Os exercícios do livro, embora seguem um mesmo padrão, são estimulantes? Desconfie de escolas que não tem nenhuma base, respostas como “a gente vai vendo conforme vai tendo aulas” mesmo as escolas que adaptam-se aos alunos devem ter um mínimo de direção!
 
4.       Material Didático
Eu sei, eu sei, existe escola que não possui, pois as aulas são somente de conversação… então te pergunto, e se seu superior pedir para você escrever um e-mail em inglês? Faz como? Senta e chora?

Verifique o material da escola, veja se ele está todo em inglês, de preferência para materiais sem tradução! O material possui CD? Lembre-se ser fluente significa ler, escrever, falar e OUVIR!
 
5.       Professor nativo ou não nativo?
Algumas pessoas acreditam que Somente o professor nativo sabe ensinar Inglês. Aí eu te pergunto, você saberia ensinar a um Americano o Português? Com explicações sobre os por quês, acentuação, ss ou sc, z ou s, crase e por aí vai?
Ser nativo não significa ser professor! Desconfie de escola que tem comoo único argumento “nossos professores são nativos”.
Falo inglês desde os nove anos de idade e quando fui para a Europa todos achavam que eu era americana, inclusive na escola de Inglês e na família que fiquei. E sou brasileiríssima!
 
6.       Conheça a estrutura da escola
Vá à escola e veja se eles possuem livros (biblioteca), salas limpas e equipadas. Banheiros, bebedouro, caixa de som ou rádio nas salas, algumas já oferecem salas interativas, WI-FI e muitas outras coisas!

Estrutura não é só física não! Verifique se a escola possui acompanhamento pedagógico, web site, sistema de reposições de aula (pago ou não), se seu professor não está sobrecarregado!

7.       Faça o cálculo Valor – Material / hora aula
Ás vezes, uma escola tem uma diferença de valores ENORME das demais, entretanto, quando as outras oferecem 54h esta oferece 25h ou 30 horas!
Certifique-se que a hora aula é de 60 minutos e não 45 minutos como em alguns cursinhos.

8.       Taxas
Fique atento as “taxas”! Tem escolas que tem taxa de matrícula, rematrícula, retirada de material (!) e tem até escola que cobra as fotocópias!

9.       Promessas

Você já sai falando na primeira aula! Really? Bom, você pode até sair sabendo se apresentar, mas você não irá sair falando sobre os índices Nasdaq e Down Jones! Se a escola prometer que com duas horas por semana você saberá falar fluente em um ano… corra!

Para falar o inglês fluentemente é necessária MUITA dedicação! Assim como qualquer idioma! Ser fluente inclui conhecer a cultura do país! Inclui fazer os temas do curso! Assistir filme legendado e não dublado! Escutar música e fazer traduções! Com certeza, você precisará de mais tempo, não só duas míseras horinhas por semana!

10.   Verifique o contrato
Muito cuidado com o contrato! Tem escolas que tem contratos que impedem o cancelamento do curso! Isso não pode acontecer! Verifique valor da multa e todos os por menores! Olhos abertos!
 
11.   Leve um amigo ou familiar que já faz curso ou fala inglês
É sempre bom uma segunda opinião, duas cabeças pensam melhor do que uma!
As chances são que, seu amigo / familiar que já tem experiência, saberá quais perguntas fazer!

12.   Formas de pagamento
Boleto, desconto à vista, valor diferenciado à prazo! Fique atento, muitas vezes os valores divergem de uma forma para a outra.
 

13.   Intercâmbio
A escola possui uma central de intercâmbios? Algumas escolas possuem grupos de viagem anualmente! Agências de intercâmbio conveniadas as escolas prestam todo o apoio! É muito mais fácil e mais concreto!
14.   Pesquise na internet
Pesquise no Facebook, Twitter, site da escola e em Fóruns o que todos estão dizendo da escola! Nada melhor do que a opinião de quem já é aluno!

15.   Convênios
Sua empresa possui convênio com a escola? O desconto pode variar de 5% até 40%! Informe-se, se sua empresa ainda não possui, indique ela para a escola e indique a sua escola para o RH da empresa!

DICA EXTRA: PREFIRA DUAS VEZES POR SEMANA AO INVÉS DE UMA! Assim você terá mais contato com o idioma durante a semana!

Espero ter ajudado!

Gabby!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s